O sonho de muitas pessoas com deficiência visual está prestes a se tornar realidade. Imagine reduzir a miopia e a hipermetropia em 2 graus sem cirurgia? Se hoje, os beneficiários do plano de saúde Jundiaí já tiverem as mais modernas instalações de cirurgia refrativa sem precisar pagar mais por isso, será mais fácil restaurar a visão através de colírios. Os cientistas desenvolveram colírios que podem curar a miopia!

Os cientistas desenvolveram colírios que podem curar a miopia!

Parece um milagre, mas é tecnologia. Pesquisadores israelenses do Centro Médico Shaare Zedek e do Instituto de Nanotecnologia e Materiais Avançados da Universidade Bar-Ilan produziram colírios que reduzem a miopia e a hipermetropia em 2 graus. Segundo os cientistas, o produto também beneficiará as pessoas que usam óculos multifocais.

Os chamados Nanodrops foram patenteados, mas ainda estão sendo testados. Este protótipo provou ser muito eficaz para a córnea porcina. Primeiro, os testes mostraram que a miopia e a hipermetropia podem ser reduzidas em até 2 graus. No entanto, não está claro quanto tempo dura ou com que frequência é permitido ser administrado. A ideia é que, dependendo do uso de colírios, a córnea se recupere gradualmente.

De acordo com o Dr. David Smadja, um dos autores do estudo, o Nanodrops é na verdade uma solução de nanopartículas que pode acabar com a demanda por vidro. Segundo ele, existem muitas maneiras de usar a nanotecnologia para corrigir problemas difíceis. Uma delas é usar nanopartículas em vez de lentes multifocais.

Tecnologia ao nosso favor

Segundo os pesquisadores, a ideia de usar Nanodrops para tratamento é através do aplicativo. O paciente abrirá um aplicativo no Smartphone, que medirá a dioptria dos olhos em sua própria casa.

O aplicativo criará padrões de laser e padrões ópticos na superfície da córnea. Esse padrão “impresso” na córnea será preenchido com nanopartículas de colírios, corrigindo o problema como se fosse uma lente.

A miopia é caracterizada pela dificuldade em ver objetos distantes. Por exemplo, você pode ler o menu, mas é difícil ler as placas da rua. Isso ocorre porque, ao contrário da miopia, meio grau já significa perda de visão.

Pelo contrário, a clarividência é o oposto. A pessoa tem dificuldade em se concentrar em objetos próximos e até mesmo uma TV ou um computador pode ver à distância. O problema é que o erro de refração faz com que a imagem se concentre atrás da retina.

Hoje, cerca de 150 milhões de pessoas são afetadas por erros de refração não corrigidos em todo o mundo. Os dados vêm da iniciativa global “Visão 2020: O Direito de Ver”, da Organização Mundial da Saúde e 20 organizações não-governamentais em todo o mundo.

Saiba Mais

Se você deseja ter a assistência de um dos planos de saúde em Jundiaí, entre em contato com a nossa equipe sem compromisso.

Os cientistas desenvolveram colírios que podem curar a miopia!